Última actualização: 2020-09-03

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são suscetíveis de alteração a qualquer momento. Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizadas pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes.

 

Aviso

Covid-19 (26/08/2020)

Aconselham-se os cidadãos portugueses, antes de decidirem visitar a Croácia, a levarem em consideração que a situação epidemiológica neste país se agravou  nas ultimas semanas, o que poderá dificultar e criar sérios constrangimentos à sua viagem, tais como perda de voos, dificuldades em atravessar fronteiras, sobretudo por via terrestre, para países vizinhos ou mais próximos, ou ainda, caso adoeçam com o novo coronavírus, obrigados a um período de quarentena. Poderão encontrar informação actualizada, em  língua inglesa, sobre a evolução da pandemia na Croácia no seguinte  site.

Ainda assim, os Portugueses que desejem visitar a Croácia, tais como os cidadãos dos restantes Estados-membros da União Europeia, e seus familiares, poderão faze-lo livremente, sem obrigatoriedade de teste ao Covid-19 ou período de autoisolamento, mediante a apresentação de cartão de cidadão ou passaporte válido. Ficarão, no entanto, obrigados a seguir as recomendações do Instituto de Saúde Pública da Croácia  que lhes forem indicadas à entrada do país.

Sugere-se que façam  o registo das suas viagens na aplicação Registo Viajante. Para além disso as Autoridades croatas aconselham o registo dos planos de visita à Croácia no site  entercroatia.mup.hr.

Os Portugueses que se encontrem neste país e sintam sintomas do COVID-19, tais como como tosse, febre ou dificuldade em respirar deverão contactar a secção de epidemiologia do  Instituto de Saúde Pública da Croácia / Hrvatski zavod za javno zdravstvo (+385 98 227 753) ou um dos epidemiologistas da região em que se encontram. Os números de contacto permanentes destas instituições poderão ser encontrados aqui.

Em caso de emergência poderão contactar o Gabinete de Emergência Consular através dos contactos telefónicos + 351 217 929 714, + 351 961 706 472 e do endereço de correio eletrónico gec@mne.pt.

Poderão também contactar a Embaixada através dos números +385 1 488 22 10 ou (telefone de emergência) +385 91 157 34 11.
 
Outros: 
Atendendo às circunstâncias especiais que o fluxo de refugiados está a provocar na região foram acionadas medidas reforçadas de policiamento e controlo de documentação nos postos de fronteira, que podem provocar atrasos nas viagens. Esta situação tem acarretado, igualmente, congestionamento de tráfego e interrupções no funcionamento de transportes como comboios e autocarros.

Assim, aconselham-se os cidadãos nacionais que se desloquem a esta região a estarem munidos de documentos de viagem e de identificação válidos: passaporte ou cartão de cidadão (um por passageiro, incluindo crianças) e a informarem-se previamente junto das Autoridades dos países de destino das condições de acesso aos seus territórios, designadamente dos postos de fronteira que estejam operacionais e de quaisquer outras condições de segurança que aí estejam em vigor.

Chama-se a atenção para o facto de a circulação de pessoas e bens do e para o espaço europeu dever obedecer a regras de direito internacional, que são distintas das aplicáveis no interior do espaço europeu de livre circulação.

  • Partilhe