Última atualização:  10/09/2020
Nota importante
As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são suscetíveis de alteração a qualquer momento. Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizadas pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes.
 

Avisos

(10.09.2020)

Todas as chegadas ao Egipto serão sujeitas a medidas sanitárias. Os passageiros de todos os países serão sujeitos à medição de temperatura, terão de preencher um cartão de controlo com dados pessoais e fornecer às autoridades aeroportuárias a confirmação de uma apólice de seguro de saúde válida.

 Para poder entrar em território egípcio, é obrigatório apresentar um teste PCR negativo realizado nas 72 horas imediatamente anteriores à chegada ao Egipto.

 Os resultados do teste devem estar em língua inglesa ou árabe.

 

(02.07.2020)

Desaconselha-se a realização de viagens não essenciais ao Egipto.

Outros

1. Desaconselham-se quaisquer viagens às áreas fronteiriças com a Líbia e o Sudão, bem como ao norte da península do Sinai (a norte de um eixo Taba/Suez), assim como ao Deserto Ocidental.

2. Desaconselham-se as viagens não essenciais, por via terrestre, ao sul da Península do Sinai (a sul de um eixo Taba-Suez).
 
3. Desaconselham-se fortemente os espaços de grandes concentrações, principalmente os locais habituais de realização de manifestações e potenciais focos de violência, assim como os locais religiosos, durante o ofício.
 
 
 
 
  • Partilhe