Última atualização: 30/09/2022

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são susceptíveis de alteração a qualquer momento. Nem o Estado português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizadas pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes.

 

Aviso (30/09/2022)

As autoridades angolanas continuam a efetuar um controlo sanitário à entrada das suas fronteiras, sobretudo no contexto da pandemia da COVID-19, pelo que se recomenda que, antes de qualquer deslocação para Angola, seja esclarecido junto de cada operador de transportes as regras em vigor a cada momento.

Atualmente, mantêm-se, regra geral, os requisitos de realização de teste pré-embarque (PCR ou antigénio) ao vírus SARS-CoV-2 com resultado negativo antes da viagem de entrada em Angola. Mais detalhes sobre o tipo de teste requerido e o período prévio exigido deverão ser obtidos diretamente junto das companhias aéreas. Por outro lado, deixou de ser exigida a realização de quarentena após chegada a Angola para os cidadãos portadores de comprovativo de vacinação contra a COVID-19 que ateste a sua conclusão e que, cumulativamente, apresentem um teste negativo realizado após o desembarque, imediatamente após a chegada a Angola. Para os cidadãos que não possuam certificado de vacinação é obrigatória a observância de quarentena de 7 dias. Para sair de Angola, se o país de destino final, trânsito ou a companhia aérea o exigirem, é obrigatória a apresentação de um teste RT-PCR com resultado negativo efetuado nas 72 horas anteriores à viagem de saída.

Para mais informações sobre os requisitos à entrada e saída de Angola, recomenda-se a consulta às respetivas companhias aéreas, uma vez que estas regras são atualizadas com alguma regularidade.

Já em Angola, poderá ser solicitada a apresentação de certificado de vacinação para acesso a alguns serviços públicos e privados, podendo ser substituído por apresentação de teste negativo, realizado previamente.

 

APP REGISTO VIAJANTE

Recomenda-se aos viajantes que se ausentem de Portugal o registo das suas viagens através da aplicação “Registo Viajante”, sendo este voluntário e gratuito, facilitando a ação das autoridades portuguesas perante a ocorrência de eventuais situações de emergência com cidadãos nacionais no estrangeiro.

O registo na aplicação “Registo Viajante” permite receber informações sobre as condições de segurança, ter acesso aos contactos das representações diplomáticas e consulares de Portugal e tem ligação direta ao Gabinete de Emergência Consular.

 PlayStoreAppStore

 

  • Partilhe