Última atualização:  2021-04-26

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são susceptíveis de alteração a qualquer momento. Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizadas pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes.
 

Avisos

COVID-19 – Situação no país (26-04-2021)
A 24 de abril de 2021, o Estado de Calamidade na Guiné-Bissau foi renovado, sendo decretado por 30 dias, com possível alteração se as circunstâncias o determinarem.

Os dados mais recentes apontam para um total de 3.724 casos de Covid-19 e 67 óbitos desde março de 2020.

Entre as principais medidas adotadas pelas autoridades, destacam-se:
- O uso obrigatório e correto de máscara facial na via pública, nos espaços fechados de acesso público e nos transportes públicos, sendo a não utilização ou utilização incorreta passível de coima.
- O dever de distanciamento social na via pública;
- O encerramento de bares e discotecas, bem como de ginásios;

As fronteiras terrestres, marítimas e aeroportuárias mantêm-se abertas, estando as entradas no território sujeitas ao controlo sanitário, nomeadamente através de:
- Apresentação de Certificado de Teste RT-PCR negativo para COVID-19, obtido até 5 dias antes do início da viagem;
- Realização de um rastreio de sinais e sintomas evocativos de COVID-19;
- Preenchimento de formulário com informações relativas ao estado de saúde e todos os detalhes de contato (endereço e números de telefone) na origem e no destino, assim como de parentes próximos;
- Uso de máscara de proteção durante todo o tempo de permanência no ponto de entrada, desinfeção das mãos com água e sabão ou gel alcoolizado antes de submeter os documentos às autoridades fronteiriças, e manter uma distância física de pelo menos um metro para outros passageiros e funcionários do aeroporto;
- Em caso de apresentação de sintomas sugestivos de Covid-19, o passageiro será submetido a um segundo rastreio sanitário, sendo sujeito, se necessário, a novo teste, tendo depois de permanecer obrigatoriamente confinado até receção do resultado.

 

  • Partilhe