Última atualização:  18/02/2021

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são susceptíveis de alteração a qualquer momento. Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizadas pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes.

 

Aviso

Covid-19 – atualização 17-02-2021

O Estado de Emergência Sanitária foi retirado a 19 outubro de 2020. Todos os viajantes terão que realizar um teste à Covid-19 (PCR), em inglês ou francês, até 72 horas antes da viagem. Aos passageiros que chegarem ao aeroporto Internacional de Ivato será solicitado a realizar de um teste à Covid-19 (PCR). O resultado só será obtido entre 4 a 5 dias e os passageiros terão que permanecer em isolamento durante esse período.

No interior de Madagáscar, mantém-se a obrigação do porte de máscara, distanciamento social e higienização das mãos. Proibidas reuniões ou concentrações de mais de 200 pessoas. E medidas locais poderão ser tomadas a curto prazo, em função das necessidades.

Coronavírus COVID-19 (Atualizado a 27/10/2020)

O Estado de Emergência Sanitária foi retirado a 19 outubro. Voos para Antananarivo manter-se-ão em regime de repatriamento até 1 novembro, devendo ser depois reabertas as ligações comerciais. Aeroporto da ilha turística de Nosy Be já reabriu. Viajantes provenientes (ou residentes) de 10 países de risco estão excluídos: Alemanha, Bélgica, Espanha, França, Itália, Países Baixos, Polónia, Reino Unido, Rússia e Ucrânia.

No interior de Madagáscar, mantém-se a obrigação do porte de máscara, distanciamento social e higienização das mãos. Proibidas reuniões ou concentrações de mais de 200 pessoas. E medidas locais poderão ser tomadas a curto prazo, em função das necessidades. Passageiros em voos domésticos devem trazer um teste COVID19 negativo feito nas 48h anteriores ao voo.

  

  • Partilhe