Última atualização:  2021-02-19
  
Nota importante
 
As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são susceptíveis de alteração a qualquer momento. Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizadas pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes.
 
 

AVISO: COVID-19 (19-02-2021)
A situação sanitária no México por causa da pandemia de Covid-19 continua complicada, com um crescimento dos casos em todo o território e dificuldades no acesso aos serviços de saúde. O país encontra-se na generalidade em semáforo laranja, pelo que se mantêm fortes restrições às atividades económicas, determinadas pela evolução da pandemia nos diferentes estados.

A passagem a semáforo laranja implica, contudo, uma abertura gradual e faseada, pautada pela extrema cautela, de atividades essenciais. Os locais turísticos, hotéis e restaurantes estão em funcionamento em quase todo o país, mas com regras estritas quanto a horários e lotação permitida.

A nível federal, mantém-se a liberdade de circulação, apesar dos fortes apelos a que a população fique em casa e não se desloque por motivos que não sejam absolutamente essenciais. Na Cidade do México, a capital, e em vários outros estados, como Jalisco e Michoacán, é obrigatório o uso de máscaras em todos os espaços públicos.

Não há, até ao momento, restrições à entrada de cidadãos estrangeiros em território mexicano. As autoridades migratórias têm sido rígidas na aplicação das regras de entrada, nomeadamente no que diz respeito à prova da condição de turista (visitante sem permissão para realizar atividades remuneradas), verificando-se um aumento das recusas de entrada. Neste momento há menor frequência de voos de todas as companhias aéreas regulares, pelo que o tempo de espera de retorno aquando da recusa de entrada (durante o qual passageiro fica detido na Migração dentro do aeroporto, sendo-lhe retirado o telemóvel) pode ser de dois ou três dias.

Quanto a eventuais restrições na circulação dentro dos estados que compõem o México consulte a informação pertinente para cada um em: https://covid19.ciga.unam.mx/ Nas áreas rurais dos diferentes estados poderão existir restrições à circulação promovidas pelas populações locais.

Aconselhamos os nossos cidadãos que se pretendam deslocar grandes distâncias dentro do país a fazerem-no por via aérea. Deverá ser evitada toda a zona da fronteira sul (Guatemala e Belize), dado o aumento da insegurança pela situação pandémica e pelos movimentos migratórios irregulares.

Para mais informações e atualizações, por favor consulte a página do Governo mexicano dedicada estritamente à Covid-19 em https://coronavirus.gob.mx/, bem como o sítio web do Governo da Cidade do México em https://covid19.cdmx.gob.mx/.

 
 
  • Partilhe