Última atualização:  04/11/2021

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são suscetíveis de alteração a qualquer momento. Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizadas pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes.

 Avisos

Coronavírus COVID-19 (Atualizado a 04/11/2021)

A situação pandémica mundial desaconselha quaisquer viagens não essenciais destinadas à Índia.
Todos os passageiros que viajam da Índia para Portugal deverão realizar teste PCR 72 horas antes da partida.
Regresso a Portugal
Atualmente existem voos operados pela Air France, KLM e Lufthansa, com saídas de Deli, Mumbai e Bangalore. Estes voos estão disponíveis para os portugueses poderem regressar a Portugal através de Paris, Amesterdão ou Frankfurt. Antes da aquisição dos bilhetes online, recomendamos o contacto prévio com as companhias aéreas, por telefone ou email, para garantir que é mesmo possível viajar e quais os procedimentos a cumprir. De momento, não é recomendado o uso de companhias aéreas de países não Schengen para regressar a Portugal.
Entrada na Índia
A emissão de vistos de turismo ainda está suspensa. Outros tipos de vistos poderão ser solicitados através da Secção Consular da Embaixada da Índia em Lisboa:
https://www.eoilisbon.gov.in/page-link/?page=consular-services

Por favor, consulte as categorias de vistos autorizadas pelas autoridades Indianas: https://boi.gov.in/

Cidadãos nacionais com residência na Índia, com ou sem visto válido, que abandonaram o país antes ou durante o período de confinamento, devem solicitar novo visto para poderem regressar à Índia junto da Embaixada da Índia com jurisdição sobre o país onde se encontram.
Os cidadãos que queiram regressar à Índia por motivos de residência e trabalho, poderão fazê-lo com os voos da Air France, da KLM ou Lufthansa, através de Paris ou Amesterdão. Antes de efetuar a reserva, contacte as companhias aéreas e confirme se os voos estão aprovados; quais os critérios de elegibilidade para viajar ou que tipo de informação deve ser prestada através do preenchimento de formulários em papel e online.
Requisitos de entrada na Índia para quem viaja a partir de Portugal
• Realizar teste RT-PCR COVID-19 72 horas antes da partida (resultado do teste deverá ser apresentado antes da partida e à chegada ao aeroporto na Índia;
• Preencher Self Declaration Form 72 horas horas antes da partida https://www.newdelhiairport.in/airsuvidha/apho-registration;

• Submeter resultado do teste durante preenchimento da Sef-Declaration Form;
• Realizar teste molecular Covid-19 no momento da chegada ao aeroporto.
• Conforme o Estado indiano, poderá ser necessário realizar um período de quarentena compreendido entre 7 e 14 dias.
Cidadãos localizados na Índia
Se já se encontra na índia com um visto válido, mas prestes a caducar, necessitará de pedir uma extensão do visto através do website do FRRO https://indianfrro.gov.in/frro/

Os vistos regulares e os e-visas expirados serão válidos até 31 de agosto de 2021. Os cidadãos com visto de turista, deverão regressar a Portugal até esta data.

Caso necessite de mais informações, recomendamos o contacto com a Embaixada de Portugal em Nova Deli, através do email sconsular.novadeli@mne.pt

 

APP REGISTO VIAJANTE

Recomenda-se aos viajantes que se ausentem de Portugal o registo das suas viagens através da aplicação “Registo Viajante”, sendo este voluntário e gratuito, facilitando a ação das autoridades portuguesas perante a ocorrência de eventuais situações de emergência com cidadãos nacionais no estrangeiro.

O registo na aplicação “Registo Viajante” permite receber informações sobre as condições de segurança, ter acesso aos contactos das representações diplomáticas e consulares de Portugal e tem ligação direta ao Gabinete de Emergência Consular.

 

 

 

  • Partilhe