Última atualização: 26/09/2022

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são susceptíveis de alteração a qualquer momento. Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizadas pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes.

 

Aviso

A situação política internacional à volta do Irão, assim como a possibilidade de distúrbios internos (protestos, etc.) justificam prudência no planeamento de qualquer viagem ao Irão.

Considerando a recente evolução de vagas de protestos por toda a geografia do país, recomenda-se precaução redobrada nas deslocações. Cidadãos portugueses no Irão deverão imperiosamente abster-se de participar em qualquer tipo de manifestação ou ajuntamento, e afastar-se de ruas e zonas em que decorram.

As comunicações, nomeadamente através das redes móveis, encontram-se gravemente restringidas.
Em geral, não se recomenda o registo de imagens.

Desaconselha-se formalmente qualquer viagem à província do Sistão-Baluquistão, assim como deslocações junto às fronteiras do Afeganistão e do Iraque. As regiões que fazem fronteira com a Arménia e o Azerbaijão, em particular junto ao território do Nagorno-Karabakh, também deverão ser evitadas

A epidemia de Covid-19 no Irão mantém-se em níveis controlados desde o início do ano, muito longe dos picos de infeções e mortes diárias registados durante o ano de 2021. Durante a estadia no Irão, recomenda-se manter as habituais precauções de higiene, sobretudo em lugares propícios à aglomeração de pessoas, como por exemplo os bazares.

De acordo com as regras transmitidas às companhias aéreas que operam no Irão, os passageiros estrangeiros à chegada ao Irão devem dispor de um certificado de saúde, em inglês, contendo um teste molecular (PCR) negativo para a Covid-19 realizado nas 96 horas antes do embarque, sob pena de lhe ser negada a entrada. As companhias aéreas poderão recusar o embarque a passageiros que não disponham desse certificado.

Recomenda-se sempre a consulta prévia à companhia aérea que assegurará o transporte até território iraniano, que deverá dispor da informação mais recente sobre as regras de entrada no Irão, e documentação exigida para o embarque.

Em caso de sintomas, o número de emergência médica no Irão é o 115 (24/7, atendimento em farsi e inglês).

 

 

APP REGISTO VIAJANTE

 

Recomenda-se aos viajantes que se ausentem de Portugal o registo das suas viagens através da aplicação Registo Viajante”, sendo este voluntário e gratuito, facilitando a ação das autoridades portuguesas perante a ocorrência de eventuais situações de emergência com cidadãos nacionais no estrangeiro.

O registo na aplicação “Registo Viajante” permite receber informações sobre as condições de segurança, ter acesso aos contactos das representações diplomáticas e consulares de Portugal e tem ligação direta ao Gabinete de Emergência Consular.

PlayStoreAppStore

  • Partilhe