Última atualização: 08/05/2024

Nota importante
As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são susceptíveis de alteração a qualquer momento. Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizadas pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes.

 

Avisos

Antes de viajar:

• Assegure-se de que o seu passaporte tem validade igual ou superior a 6 meses à data prevista de saída da Malásia;

• Tenha em atença a sua saúde, efetuando uma “consulta do viajante” (https://www.sns24.gov.pt/servico/consulta-do-viajante/ ) antes da sua partida.

• Faça um seguro de viagem abrangente antes da partida. O atendimento em clínicas na Malásia pode revelar-se bastante oneroso, com complicações em caso de falta de pagamento, e, quando estas não reúnam condições suficientes para o tratamento de determinados problemas, a extração do viajante para outros pontos apresenta custos avultados. Igualmente, entidades privadas de saúde poderão insistir no pagamento em antecipação a qualquer tratamento;

• Altera-se que na Malásia, à semelhança dos países da região, a posse, consumo e tráfico de estupefacientes é severamente punido, mesmo em pequenas quantidades. Nestes casos, o Estado português tem limitações muito restritas de atuação para apoiar os viajantes.

• Esteja preparado para ter atrasos. Elabore um plano de contingência para o caso de o seu regresso ser adiado;

• Verifique que tem dinheiro suplementar para pagar mais uma semana de hotel, no mínimo, caso seja necessário;

• Verifique que deixa uma margem de segurança no tempo restante do seu visto de estada na Malásia;

• Tenha à mão os contactos do seu agente de viagens e/ou companhia aérea, para o caso de precisar;

• Traga suficientes reservas dos seus medicamentos habituais, junto com a prescrição médica e as necessárias declarações, pois há restrições à entrada de medicamentos;

• Compre, antes de vir, e esteja munido/a de uma máscara facial (do estilo mascara cirúrgica), atendendo a possíveis inquietações dado a qualidade do ar.
• Faça o registo da sua viagem e tenha acesso a informação atualizada usando o seu smartphone, através da app “Registo Viajante” aqui:


o https://portaldascomunidades.mne.gov.pt/pt/destaques/675-app-registo-viajante
o https://play.googleh.com/store/apps/details?id=pt.armis.appregistoviajante
o https://itunes.apple.com/pt/app/registo-viajante/id1194007356?mt=8

O número da Embaixada de Portugal em Banguecoque, tel: 00 66(0) 2234 2123, também funciona como número de emergência consular a qualquer hora do dia ou da noite.

Outras informações relevantes:

Tendo em conta a ocorrência de roubos a estrangeiros, sobretudo por arrastão, considera-se adequado evitar andar com o passaporte, sugerindo-se que o viajante circule apenas com uma fotocópia do mesmo para efeitos de identificação. Nos transportes públicos, tuk-tuks e táxis-mota, deve ter-se cuidado com os bens pessoais sugerindo-se a utilização dos cofres dos hotéis para deixar os objetos de valor. Recomenda-se a utilização de empresas de táxi idôneas, contactáveis por telemóvel.

Igualmente, os turistas são usualmente alvo de outras formas de pequena criminalidade. Mantenha-se alerta a tentativas de extorsão ou ao risco de vir a ingerir estupefacientes involuntariamente.

 

APP REGISTO VIAJANTE

Recomenda-se aos viajantes que se ausentem de Portugal o registo das suas viagens através da aplicação Registo Viajante”, sendo este voluntário e gratuito, facilitando a ação das autoridades portuguesas perante a ocorrência de eventuais situações de emergência com cidadãos nacionais no estrangeiro.

O registo na aplicação “Registo Viajante” permite receber informações sobre as condições de segurança, ter acesso aos contactos das representações diplomáticas e consulares de Portugal e tem ligação direta ao Gabinete de Emergência Consular.

PlayStoreAppStore

 

  • Partilhe