Última actualização: 09/06/2022

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são susceptíveis de alteração a qualquer momento. Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizadas pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes.

 

AVISOS

(09.06.2022)


Dada a volatilidade do actual contexto pandémico, deverá ser bem ponderada nesta fase a realização de viagens não essenciais ao país. Antes de viajar, assegure-se de que tem o seu Cartão de Cidadão ou Passaporte válidos e de que o seu seguro de viagem cobre os riscos associados ao contágio por Covid-19, nomeadamente a quarentena obrigatória em alojamento turístico, cujos custos ficam à responsabilidade do viajante.
Para entrar em Malta, os viajantes devem apresentar no momento do embarque um certificado de vacinação completa Covid-19, concluída há mais de 14 dias, ou de recuperação da doença nos 6 meses anteriores, emitido por um país da UE (“Certificado Digital Covid”) ou por um dos Estados terceiros elencados em https://deputyprimeminister.gov.mt/en/health-promotion/covid-19/Pages/travel.aspx
Em alternativa, os passageiros poderão apresentar um certificado digital na modalidade de teste Covid nasofaríngeo RT-PCR ou rápido antigénico, realizado nas 72 horas ou 24 horas anteriores, respectivamente. Também são aceites comprovativos de teste negativo RT-PCR num formato diferente do certificado digital UE, desde que estejam em língua inglesa.
Se não cumprirem nenhum dos requisitos supramencionados, os passageiros terão de se submeter a quarentena obrigatória num hotel designado para o efeito pelas autoridades locais, com todas as despesas a correr por conta dos viajantes. Os menores de 12 anos estão isentos de apresentar qualquer comprovativo de vacinação/recuperação/teste Covid.
Continua a ser obrigatório o uso de máscara em vôos e em estabelecimentos de saúde.

 

 APP REGISTO VIAJANTE

Recomenda-se aos viajantes que se ausentem de Portugal o registo das suas viagens através da aplicação Registo Viajante”, sendo este voluntário e gratuito, facilitando a ação das autoridades portuguesas perante a ocorrência de eventuais situações de emergência com cidadãos nacionais no estrangeiro.

O registo na aplicação “Registo Viajante” permite receber informações sobre as condições de segurança, ter acesso aos contactos das representações diplomáticas e consulares de Portugal e tem ligação direta ao Gabinete de Emergência Consular.

PlayStoreAppStore

  • Partilhe