Última atualização: 06/03/2022

Nota importante
As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são susceptíveis de alteração a qualquer momento. Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizados pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes.
 
Aviso

(06/03/2022)

Em face da invasão da Ucrânia e consequente redução de ligações aéreas internacionais, deverão ser evitadas todas as deslocações para a Rússia.

Aos cidadãos nacionais que se encontrem na Rússia por razões não essenciais, recomenda-se que saiam do país através das alternativas aéreas e terrestres disponíveis.

 

Rotas alternativas Rússia – Portugal

 AVISO COVID-19: Previamente à viagem, deverá informar-se das regras sanitárias em vigor para entrada nos países de trânsito/destino.

 1. Via aérea

Neste momento, continuam a funcionar ligações aéreas a vários países, a partir dos quais existem voos para Portugal. Recomenda-se consulta direta às companhias aéreas no sentido de obter informação concreta quanto às rotas e respetivos voos.

2. Via terrestre

Estónia e Letónia

Atualmente, as fronteiras russas com a Estónia e a Letónia encontram-se abertas.

 

Finlândia

A fronteira encontra-se aberta, sendo apenas autorizada a passagem através de veículo (carro, autocarro, táxi). Está proibida a passagem pedestre. 

 

(22.02.2022)

 

Face à instabilidade da situação de segurança e à presença de um forte dispositivo militar na zona fronteiriça da Rússia com a Ucrânia, deverá ser evitada qualquer deslocação às proximidades daquela zona de fronteira - designadamente nas regiões de Rostov, Belgorod e Voronezh - que é fortemente controlada e policiada, apresentando riscos vários para os viajantes.

Aconselha-se também que seja observada vigilância redobrada em locais públicos nas referidas regiões, para além dos cuidados de segurança gerais recomendados nesta página, que deverão ser alvo de consulta prévia caso se desloque ou se encontre em alguma daquelas regiões.

Recomenda-se a todos os cidadãos portugueses que se desloquem à Rússia, quer temporariamente, quer de forma mais prolongada, que sinalizem essas deslocações junto dos serviços da Secção Consular da Embaixada de Portugal em Moscovo.

 

Coronavírus COVID-19 (Atualizado a 05/07/2021)

As fronteiras russas encontram-se abertas a cidadãos nacionais, independentemente do objetivo da viagem. Estão autorizados a entrar em território russo, mediante apresentação de visto, os cidadãos nacionais ou cidadãos de países titulares de autorização de residência permanente em Portugal. A entrada na Rússia naquelas condições só é permitida através de voos diretos a partir de território nacional ou a partir de países face aos quais tenham sido tomadas medidas idênticas. A Rússia vem retomando paulatinamente os voos com várias capitais europeias, incluindo Lisboa.

Todos os cidadãos à chegada à Rússia devem apresentar teste PCR válido, realizado até 72h antes.

 

APP REGISTO VIAJANTE

Recomenda-se aos viajantes que se ausentem de Portugal o registo das suas viagens através da aplicação Registo Viajante”, sendo este voluntário e gratuito, facilitando a ação das autoridades portuguesas perante a ocorrência de eventuais situações de emergência com cidadãos nacionais no estrangeiro.

O registo na aplicação “Registo Viajante” permite receber informações sobre as condições de segurança, ter acesso aos contactos das representações diplomáticas e consulares de Portugal e tem ligação direta ao Gabinete de Emergência Consular.

PlayStoreAppStore

 
 
  • Partilhe