Última atualização: 2021/02/22

Nota importante
As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são suscetíveis de alteração a qualquer momento. Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizadas pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes.

 

AVISO

COVID (2021/02/22)

A partir de hoje, dia 22 de fevereiro, as entradas na Suíça com origem em Portugal - que continuam a estar restringidas a cidadãos de nacionalidade suíça ou, sendo estrangeiros, que tenham autorização de residência válida na Suíça - passam a estar sujeitas às seguintes regras:

1. Preenchimento prévio de um formulário eletrónico disponível em: www.swissplf.admin.ch

2. Com exceção de crianças com menos de 12 anos, todas as pessoas que entrem na Suíça a partir de Portugal (por via aérea ou terrestre), devem apresentar o resultado negativo de um teste PCR, feito nas 72 horas anteriores à sua entrada na Suíça;

3.  Se, no momento do embarque, o passageiro não   tiver ainda o resultado do teste PCR referido no ponto anterior, poderá entrar no avião se apresentar o resultado negativo de um teste imunológico rápido, feito até 24 horas antes da partida.

4. Mesmo com este teste imunológico rápido, o passageiro fica sempre obrigado a apresentar o resultado do teste PCR no momento da chegada ao aeroporto suíço, onde há controlo aleatório de passageiros.

5. Se à chegada à suíça ainda não tiver recebido o resultado do teste PCR, deverá fazer novo teste de imediato, assumindo o respetivo custo.
                           
6. Ficam isentas da obrigatoriedade de apresentação do resultado negativo de um teste PCR no momento do embarque, as pessoas que:
• Apresentem certificado médico que comprove que já foram infetadas pelo SARS-COV-2 nos 3 meses que antecedem a viagem, sendo consideradas curadas;

• Apresentem certificado médico que comprove que, por motivos clínicos, não podem ser sujeitas ao esfregaço nasofaríngeo (introdução da zaragatoa no nariz) necessário à despistagem do SARS-COVID-2;

• Entrem num aeroporto suíço, com destino a outro país, sem sair da zona destinada aos passageiros em trânsito;

• Tenham menos de 12 anos.

7. Mantém-se a quarentena de 10 dias para quem entrar na Suíça vindo de Portugal, a qual pode terminar ao fim do 7º dia, se a pessoa fizer um teste PCR ou antigénico rápido e tiver resultado negativo.


NOTAS:
1.  Chama-se a atenção para o facto de não ter havido alterações às normas para as viagens da Suíça para Portugal, particularmente quanto ao tipo de teste exigido para entrar no nosso país, continuando a só ser válido o teste PCR e não o teste rápido.
2.  Portugal continua na lista suíça de países de elevado risco de infeção à COVID-19.

COVID19 (03.02.2021)

A partir do dia 8 de fevereiro e em complemento às medidas anteriormente divulgadas, todos os passageiros que pretendam viajar para a Suíça, independentemente da via utilizada, terão de preencher um formulário disponível online  - https://swissplf.admin.ch -, antes da entrada neste país.

Haverá um controlo mais rigoroso nos aeroportos, mas mesmo quem viajar por via terrestre para a Suíça, a partir da data indicada, poderá ser controlado de forma aleatória, pelo que, mesmo nessa situação, o preenchimento do formulário é igualmente obrigatório.

A única exceção contempla os trabalhadores fronteiriços, que têm procedimentos específicos para as suas deslocações.

Segundo as autoridades suíças, esta medida visa um melhor controle dos viajantes e maior eficácia na deteção de eventuais surtos.

COVID19 (01.02.2021)

Em complemento ao Aviso publicado no passado dia 29 de janeiro relativo às regras de entrada na Suíça, indicam-se agora as novas normas de entrada em Portugal a partir da Suíça, de acordo com o Despacho nº 1242-E/2021, do Governo português.
Assim, desde o dia 31 de janeiro todos os passageiros de voos provenientes da Suíça só podem desembarcar em Portugal se apresentarem o resultado negativo de um teste PCR, realizado nas 72 horas anteriores ao momento do embarque.

As fronteiras terrestres entre Portugal e Espanha foram repostas, o que significa que há controlo fronteiriço e que só entra no país quem:
•  comprovar ter morada em Portugal;
•  se deslocar por questões médicas, devidamente comprovadas.

De acordo com o nº 10 do referido Despacho do Governo Português, recomenda-se que apenas sejam realizadas viagens essenciais, estando proibidas viagens de lazer/turismo.

SAÍDA DE PORTUGAL

Desde o dia 31 de janeiro, estão proibidas as deslocações para fora do território continental português para todos os cidadãos portugueses, por qualquer via: rodoviária, aérea, fluvial, ferroviária ou marítima.

Exceptuam-se:
•  saídas de cidadãos residentes no estrangeiro para regresso a casa e ao seu local de trabalho;
• deslocações profissionais e por motivos médicos, devidamente comprovadas.

 

COVID (29.01.2021)

A partir das 00h00m do dia 1 de fevereiro será obrigatório efetuar 10 dias de quarentena para quem viaje de Portugal (continental e arquipélagos) para a Suíça, independentemente do meio de transporte utilizado.

• A partir de dia 8 de fevereiro, mantém-se a obrigatoriedade de quarentena, à qual acresce a necessidade de apresentação de teste PCR negativo com menos de 72 horas para entrar na Suíça.

• A partir dessa data, a quarentena poderá ser reduzida de 10 dias para 7 dias, caso a pessoa faça um teste antigénico rápido ou um teste PCR, cujo resultado seja negativo.

• Todavia, este regime geral encontra uma exceção para as viagens aéreas com destino ao aeroporto de Basileia, que serve também a França. Assim, para embarcar em voos com destino a Basileia é já exigível uma das seguintes condições:
a)  apresentação de teste PCR negativo com menos de 72 horas; ou
b) apresentação de documento de identidade suíço ou título de residência (permis de séjour).

COVID (27.01.2021)

Portugal voltou a ser incluído na lista de países considerados de risco, divulgada pelo Conselho Federal Suíço.

Assim, a partir de 1 de fevereiro do corrente ano, quem entrar na Suíça vindo de Portugal, terá de se submeter, obrigatoriamente, a um período de quarentena de 10 dias neste país, após a chegada.

De acordo com decisão hoje tomada pelo Conselho Federal, também é obrigatória, a partir do dia 8 de fevereiro, a apresentação de resultado negativo de um teste PCR prévio (máximo 72 horas) para a entrada em território suíço.

A lista dos países bem como informações detalhadas poderão ser consultadas em:
                                                          www.bag.admin.ch      

 
  • Partilhe